Mobile Banking: afinal quem utiliza?

0
166

O mundo terminou 2008 com 3,96 bilh√Ķes de aparelhos de celular, 55 celulares para cada 100 habitantes. O Brasil ocupou a quinta posi√ß√£o no ranking com mais de 150 milh√Ķes de aparelhos, ficando atr√°s apenas de China, √ćndia, EUA e R√ļssia*.

Dentro deste amplo e pr√≥spero cen√°rio que envolve a telefonia m√≥vel, os bancos p√ļblicos e privados est√£o disponibilizando aos seus clientes um novo canal de comunica√ß√£o, o chamado mobile banking. O mobile banking √© composto basicamente por aplicativos banc√°rios disponibilizados para as plataformas de comunica√ß√£o dos aparelhos de celular como por exemplo o BlackBerry, que embora bastante difundidos na Europa e √Āsia, ainda s√£o incipientes no Brasil.

A pergunta que não quer calar, é quem são os usuários do mobile banking no Brasil? Quais são as características que distinguem estes consumidores?

Uma pesquisa desenvolvida pela Mestranda em Administração da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Sara Pavarini, pretende trazer a tona estas respostas.

Voc√™ pode contribuir respondendo a pesquisa online no site www.pesquisamobile.com.br, a pesquisa √© an√īnima e nenhuma informa√ß√£o pessoal ser√° requisitada.

Fonte: http://www.teleco.com.br

Carlos Eduardo da Silva. Administrador e editor-chefe deste site. Forma√ß√£o em Telecomunica√ß√Ķes e Redes de Computadores. Especialista em Engenharia de Projetos de Software.